8.8.13

 
Ainda na Comporta, fui surpreendida por este recado no meu carro.
Normalmente leio o eloquente "lava-me porco", mensagem belíssima que não sei quem inventou e que se pespega nos vidros sujos das traseiras dos carros.
Mas desta vez foi bem diferente e bem divertido!
Deixei o meu chapéu de palha ali à vista e escreveram-me: "Que chapéu tão sedutor, Grrrau..."
Assim, sim. Assim, vale a pena sujar o dedo no pó e não usar a água para lavar os vidros!
(assinado: mão a fazer da patinha assanhada)