21.2.14

confirma-se!



 
...é verdade, confirma-se!
Aos 16 anos, quando era suposto uma miúda preocupar-se com os All-stars, o alisamento do cabelo, as calças da ganga da Uniform, os blusões da Chevignon e os sacos da Benetton, eu, preocupava-me com tudo isso, e também coleccionava as crónicas do MEC d´O Independente.
(em arrumações encontrei os recortes muito bem guardados num Dossier)
Lá esperava eu pela sexta-feira, quando o meu Pai trazia o jornal para casa.
Hoje uma miúda de 16 anos, que mais parece uma mulher de 22, se fizer isso é porque é "intelectual", uma tótozinha portanto.
Também confirmo que nunca fui a rapariga popular, nem tão pouco fazia parte do grupo das miúdas giras do Liceu; tive sempre azar nos namorados, gostava sempre de quem não me ligava nenhuma, enfim, um tormento que só amainava quando lia as frases perfeitas escritas por quem foi responsável pela minha entrada no mundo das letras.
Gostava um dia de conseguir escrever como o MEC escrevia naquele tempo.
Já não colecciono as crónicas, pois estas são para os "novatos"; quem gosta, sabe do que estou a falar.


Sem comentários: