5.9.12

A primeira vez


Para muitas e tantas crianças esta semana é um princípio, é uma primeira vez.
Para outras é o regresso.
Eu adorava voltar à Escola, adorava ir comprar cadernos e lápis, etiquetas, borrachas e papel autocolante para forrar os livros. Andava desde meados de Agosto a perguntar quando é que voltava à Escola, ficava em pulgas com a ideia de novos colegas, outros Professores, salas novas, livros novos, mochilas e estojos.
 
Só fui para a Escola na pré-primária, aos 5 anos, e a minha Mãe tem esses relatos escritos em que eu chegava ao portão do Colégio da Cidadela em Cascais, e começava a cumprimentar todas as amigas com beijinhos. A excitação era mais que muita, nunca fiz qualquer birra, eu estava doida para ter amigos, brincar, conversar e divertir-me.
(Ainda hoje se pode dizer que não sou uma rapariga tímida...)
 
Ontem, a minha sobrinha M. com 3 anos, entrou para o Jardim de Infância. A cena da choradeira, agarrada à Mãe, os guinchos e aquilo tudo que já é tradição nesta primeira entrada no mundo escolar não é coisa para a M. Ela estava doidinha para ir conhecer meninos, sentar-se na sala, fazer actividades, divertir-se e conquistar um espaço novo, com recreio e baloiços. Dormiu a sesta lindamente e comeu como uma crescida.
 
Quando ontem à noite vi o bibe dela pronto para esta manhã, não resisti em tirar-lhe uma foto. Minha querida sobrinha, sempre tão amiga dos outros e uma criança tão feliz.
Claro que os outros também são felizes, mas choram que nem um desalmados e coitados julgam que é o fim do mundo.
 
Mas esta é uma etapa maravilhosa na vida deles. Não houve ano da minha vida de escola em que eu vibrasse com estes dias, tal era o meu entusiasmo!
A M. só fez beicinho quando percebeu que o dia ía acabar.
Eu fazia birras quando a minha Mãe não me deixava levar socas para o Colégio.
Há coisas nunca mudam.
 

2 comentários:

Anónimo disse...

Julgo que , como o teu irmão, foste para o Cidadela aos 3 anos com um bibinho escocês azul/rosa com smoçks vindo no Monoprix (Paris)e uns óculos azulinhos a condizer.

Anónimo disse...

Na joão de deus a equipa é excelente e é rara a criança que não goste de ir para a escola. Se for a de Albarraque as educadoras são super atenciosas e é impossível não gostar de ir todos os dias, com o maior sorriso de todos!