28.11.12

Afinal o que eu quero são os bichos dos outros - Parte 2


Falar de bichos sem falar de cães, seria para mim uma estranheza.
Ora, como o que eu quero é final os bichos dos outros, eu quero esta cadela, a Dark que está sentadinha na cadeirinha do lado direito da fotografia.
A Dark é uma cadela labrador com pouco mais do que 1 ano e que vive a uns 10 metros de nossa casa. Acontece que os donos são proprietários de uma Loja de antiguidades na Calçada do Combro, Memória do Tempo, onde a Dark passa o seu dia.
É logo assim uma cadela cheia de requinte, pois passa o dia rodeada de coisas bonitas e antigas. Além disso, é a coisa mais meiga e doce que eu algum dia conheci. Cumprimenta-me sempre de forma dócil, calma e tranquila.
O que comparando com o selvagem do Flash, que dos seus 4 anos não evolui minimamente nas suas habilidades sociais, cumprimenta as pessoas com saltos, cheira-lhes o rabo, os pés e os sacos, ladra e desata a correr a fazer oitos, só me faz querer trocar de cão por uns dias.
Não me importava nada de ir para a Loja, passar lá o dia sossegada com a Dark enquanto o selvagem arranca bocados de relva, mija em todas as jantes de carros, caixotes do lixo e vasos, come toda a m*rd@ que encontra no chão e entra dentro dos prédios onde a porta tenha ficado, sem querer, aberta.
A última dele, aqui na rua, foi empoleirar-se na bagageira de um Mercedes lustroso, enquanto o dono do carro, um Senhor de fato impecável, arrumava um saco lá atrás.
O Flash não faz mais nada e mete-se de pé, com as patas apoiadas na bagageira a espreitar para dentro da mala... como se o mundo fosse dele e pronto!
Sendo assim, quero a Dark e pronto.

2 comentários:

macaca grava-por-cima disse...

É caso para dizer: "foi um Flash que lhe deu!"

E não, não acredito que queiras a Dark só porque ela é sossegada...

Anónimo disse...

Exactamente.O Flash é o Flash e nos últimos quatro anos o Flash mudou muito e não se fala mais nisso.Sim que com um ano o Flash não podia estar naquela loja , mas o que lá vai lá vai.Há que ter senso.