2.11.12

Parabéns meu Amigo!

 
O Flash faz hoje 4 anos, o que na escala humana equivale a 32! Está quase da minha idade e muito ligeiramente se vai notando a sua personalidade a ficar mais tranquila e menos agitada. Ou seja, está a crescer! (finalmente)
Não deixa de ser o "relações públicas" do Bairro, aquele que se dá bem com todos, para quem está sempre tudo numa boa, o que é preciso é haver caixotes do lixo para cheirar e uns rabos de cabela também. Acorda todos os dias bem disposto e está sempre pronto para um passeio!
Quando o Flash fez 1 ano, em 2009, eu fiz-lhe uma festa de anos (foto em cima)! Mesmo.
Como todos os dias, ao final da tarde, participavamos no encontro de cães e respectivos donos no Parque do Arco do Cego (em Lisboa, junto ao Técnico), pensei em aproveitar esse ajuntamento de cães e fazer uma festa! Assim, avisei os donos com uns dias de antecedência para que nesse dia não faltassem (acho que era uma 5ªfeira).
Fiz um cartaz, enchi balões, comprei biscoitos e toppings de vários sabores e ainda levei chocolatinhos para os donos.
Nunca esperei conseguir uma reacção tão espectacular: eram perto de 20 cães e os donos trouxeram presentes para o Flash: bolas, cordas, biscoitos e até molduras com fotografias do Flash com os amigos. E ele esteve toda a tarde, e início de noite, com uma atitude hiper feliz, parecia que sabia que fazia anos e aquela era a sua festa.
Foi de tal maneira, que houve pessoas a vir perguntar-me se eu organizava este tipo de festas para outras pessoas/cães e ainda outros donos que ficaram sentidos por não terem sido convidados (que foi por não os ter visto na semana anterior)!
A moda pegou de tal maneira, que a partir dessa data, todos os outros cães começaram a ter festa de anos. Mas nenhuma teve o sucesso da festa do Flash!
Até o meu Príncipe, senhor muito discreto nas suas acções, e que não gosta nada destas manifestações, rendeu-se às evidências e quando chegou ao Parque e viu aquela animação não queria acreditar que fosse a festa do seu próprio cão!
Desta vez não há festa, há o frango inteiro (sem ossos) com arroz, como já tem vindo a ser tradição.
Mas fica uma recordação de uma parte desse grupo de amigos de quarto patas, que durante 2 anos foram a companhia diária do Flash (entretanto fomos para Moçambique e mudámos de casa). Temos imensas saudades deles, e quando às vezes conseguimos lá voltar, o Flash, e os outros, adoram o reencontro e tal como os grandes amigos, quando voltam a estar juntos é como se o tempo não tivesse passado!
 
 
 
 


2 comentários:

macaca grava-por-cima disse...

parabéns Flash! bjs e lambidelas da Mira!

Anónimo disse...

Tive alguma experiência de convivência com cães.A primeira experiência foi há muito tempo , quando os meus filhos com 5/6 anos tiveram um rafeiro , pequeno , não muito pequeno, que vivia dentro da nossa casa.O rafeiro era cachorro e muito dado de tal forma que lhe fizeram um pijama e como tal o cão dormia dentro ou fora da cama de cada ,vestiam-no de boneca etc , etc.O cão não parava quieto, de tal modo que mais ou menos ao fim de um ano eu disse á família que ou eu ou ele.Assim ,lá foi o "spidy" para casa de gente conhecida, com muita pena dos meus filhos e da dona da casa.Foi a primeira experiência de convivência com um cão.