6.2.13

entre centenas de emails a responder, aulas de preparação, ecografias, mudança de escritório (o quarto do M. destronou-me profissionalmente), regresso do Pc e instalação de programas, impressora desconfigurada, mais emails da Lifestories, fazer sopa de alho francês, fazer máquinas de roupa de bebé, comprar as últimas coisas da mala da maternidade, ir buscar os papéis do abono, o berço, montar o berço, maxi cosi, montar a maxi cosi nas rodas, ...
recebo a newsletter do Parque da Gorongosa, na qual estou inscrita.
e pronto. vêm as cores africanas, vem o cheiro, o calor, aquele tempo sem relógio, e tudo fica mais relativo...

1 comentário:

Anónimo disse...

Principalmente o cheiro o calor e a humidade.Nunca mais fui ao Lukembo no centro de Angola onde vivi 15 meses em 1968/69.Se bem que o Lukembo ficava num planalto e como tal não era muito húmido.Era mais novo, eu, e tinha-mos a noção de que o nosso país era muito grande ,e como tal devia ser defendido o que não era verdade.Coisas.