16.11.11

Cristina


Todas as 3ªfeiras, Cristina almoça em casa da Avó, no Intendente. Sai das aulas da Faculdade no Campo Grande e mete-se no metro.
Só ela é que ainda visita a Avó, Mãe do seu Pai. O seu feitio complicado, para não dizer infernal, faz com que ninguém se aproxime da Senhora. Só Cristina, a neta mais nova, é que ainda visita a Avó. As duas juntas fazem a cama de lavado, vêem o Jornal da Tarde, conversam sobre o tempo e Cristina costuma ainda sair à Mercearia para trazer as coisas mais pesadas: os pacotes de leite, a terra ou a ração do gato, garrafas de azeite, sacas de um quilo de batatas ou de cebolas.
No Natal fazem juntas a Árvore e o Presépio, no Verão abrem os roupeiros e arejam a casa. Cristina já não sabe o que fazer às 3ªfeiras, na hora do almoço, sem ser apanhar o Metro até ao Intendente.
Sempre quis aprender a tocar Piano. Certo dia soube de um curso muito barato na Junta de Freguesia às 3ªfeiras, das 12h30 às 14h00. Falou com a Avó. Passariam a almoçar às 4ªfeiras? Nem pensar! O que faria agora a Avó às 3ªfeiras? O mesmo que faz às 4ªfeiras, dava-lhe Cristina a solução.
Mas como? Se às 4ªfeiras faz-se o que se faz às 4ªfeiras e não o que se faz às 3ªfeiras. Não faz sentido.
E por isso, nesta 3ªfeira, lá vai Cristina a caminho da casa da Avó Laurinda e do gato Tobias.

Sem comentários: