29.11.11

Estou lixada!


Acabo de conhecer um novo Blog de uma rapariga que se propõe passar 365 dias sem fazer nenhuma compra. Ao fim da primeira semana ela estava radiante e feliz porque tinha passado uma prova incrível na sua vida. Hoje vai no dia 47. E ainda não comprou nada... Uau.
Tem uns 60 e tal seguidores e quase 30 mil visitas (sendo que o Blog começou em Outubro).
Há dias em que penso abandonar este Blog, porque para mim é uma forma cruel de perceber que "ninguém" se interessa por ler estas coisas que partilho. É como um grito nos ouvidos: "Vai vender sabonetes, Rita!".
Os meus 10 leitores diários são-me fieis, eu sei, mas juntemo-nos num café ali na Baixa e pronto. Escuso de vos estar a importunar com estas coisas tão enfadonhas, quando de facto há vidas tão mais excitantes e tão mais inspiradoras.
A minha bandeira - quero escrever e fazer disso a minha vida - parece-me impossível de hastear nestes moldes.
Estou assim a pensar nos seguintes cenários:
- mostrar o meu armário e os meus sapatos;
- fazer receitas de bolos com fotos de deixar tudo a salivar;
- contar detalhes da minha vida privada;
- contratar uma rapariguinha magrinha e com dois palmos de cara, dizer-vos que sou eu e tirar umas fotos também, assim armada em modelo.

Se calhar, acho melhor continuar nesta luta.
Até ao dia.

P.S - não estavam à espera que eu fosse colocar o link desse Blog maluco aqui, pois não?!? então aí é que isto acabava de vez!

8 comentários:

Anónimo disse...

Desistir, mori?????? Nada disso.. A primeira coisa que faço quando ligo o computador de manhã é ir ao teu blog para, se houver nova fornada, enriquecer o meu dia...

Dias Cães disse...

Rita, nunca aqui tinha vindo, mas a partir de agora será um prazer.
E não, não temos de mostrar os inúmeros sapatos que temos. Não, não temos de ser lindas e maravilhosas e esfregar isso na cara das pessoas. Às vezes podemos, tão simplesmente, gostar de escrever. De escrever de forma articulada e inteligente. Existem poucas pessoas com paciência para o fazer, mas existem. E isso já é importante. Existem raríssimas pessoas com paciência para ler textos na net. Mas existem. E isso, para já, tem-me chegado. Escreve por ti. Sempre. E escreve sempre coisas de que nunca te venhas a envergonhar.
Quanto aos sapatos sabes que te digo: daqui por 20 anos farão uma pessoa rir-se de inadequados que serão. E aí terão vergonha.

Cara de Bolacha disse...

Tens toda a razão. Há tantos blogs que é só para mostrarem como se vestiram ontem,hoje e amanhã. sapatos e pinturas! Uma vez ou outra engole-se mas sempre vomita-se!

http://cara-de-bolacha.blogspot.com/

Anónimo disse...

É pá , ó Rita!!!!Então isso é assim?Por causa de umas compras??????????????Pois , como diria um que já lá vai , nós raramente damos valor àquilo que temos.Mas para isso estamos cá nós , a tua malta, que está sempre as crescer.Vá, vê bem o que fazes.Até que eu acho que existem muitas pessoas que gostam de ler o teu dia a dia e os teus pensamentos , em suma a tua generosidade.Com coisas sérias não se brinca.

Anónimo disse...

Não sejas fútil como ela ! Continua igual a ti mesma.

Rita disse...

Já estou mais descansadinha, afinal nem tudo o que parece é!
Ainda há gente com cabecinha que gosta de se questionar. Porque é disso mesmo que se trata quando eu venho para aqui escrever: passo a vida a interrogar-me. Enquanto o Cascão (da turminha da Mónica) andava com um nuvem de pó à volta dele, eu ando sempre com uns ??? à minha volta.
Obrigado pelas vossas palavras :) se estivesse aqui a minha Avó, ela penasava: "You are fishing for compliments!"
Pronto, que seja. Quem não chora, não mama, right?
Boas leituras e prometo não pensar novamente em atirar o bolo-de-arroz pela ponte! Antes disso, venho aqui conversar com vocês.
Até breve

Maria João Fresco disse...

Sim Prof.ª Rita, "nem tudo o que parece é" !!!

Mil vezes um substancial bolo de arroz de ingredientes saudáveis que 20 cupcakes decorados de apelativos corantes e gorduras saturadas e saturantes !!

papelquimico disse...

Entrei hoje no teu blog e foi amor à primeira leitura [tomo a liberdade de tratar-te de forma informal já que tempos apenas 2 anos de diferença de idade - agora para o caso não interessa para qual lado esses 2 anos pendem :) ]... E não vais querer causar um desgosto precoce ao membro recém chegado, certo?? Continua Rita!