19.12.12

cenas de grávida

(o post que se segue é em torno da temática da gestação, quem não tem paciência, e está no seu direito, espere por amanhã que há outros assuntos, mas hoje é o que temos!)
 
Fui hoje de manhã fazer uma análise que serve para medir a tolerância da pessoa grávida à glicémia (açúcar) e assim fazer o despiste da Diabetes.
Que coisa mais nojenta que inventaram para uma pessoa fazer!
Logo de manhã tive de ir em jejum.
Sacaram-me sangue (tanto sangue sacam a uma grávida, senhores!), fiz xixi para um tubo (tanto xixi faz uma grávida para copos e tubos) e depois emborquei uma garrafa de 250ml de um líquido laranja que (...ainda me vem o sabor à memória, blarghhh!!) era insuportável de doce e espesso e tudo, e tudo.
Fui-me sentar 1 hora quieta na sala de espera do Centro de Enfermagem, enquanto o meu filho se contorcia na barriga e eu, quase a ter um fanico, ía me aguentando.
O Centro de Enfermagem fica mesmo no meio do Bairro Alto e assim já estão a ver a animação que aquilo é, não estão? Velhotes na conversa, o homem do Talho que vem trazer sacos de laranjas para oferecer ao Sr. Enfermeiro, a senhora da recepção que é casada com o Sr. Enfermeiro, os dois que são os Pais da dentista que é a dona do Centro, ... e podiamos continuar por aí fora!
Uma hora depois tirei outra vez sangue e fiz xixi para um tubo.
E duas horas depois repeti a mesma dose.
Tudo sem comer, a ouvir o Manuel Luís Goucha e a Cristina-histérica aos gritos, sem ser capaz de ler uma revista tal era a má disposição com que fiquei.
No fim, o simpático Sr. Enfermeiro (a quem eu chamo carinhosamente de "lenhador"  pelas mãos gigantes, a barba enorme e as camisas aos quadrados que veste por baixo da bata branca) deu-me uma fatia de bolo rei , que eu detesto, mas dada a minha fraqueza aceitei, tendo vindo a cuspir os bocados de frutas cristalizadas Bairro Alto abaixo até chegar à Padaria Portuguesa, onde finalmente pude alarvar num pequeno-almoço.
Para a semana volto lá, porque tenho de ir fazer uma análise à urina. Apanhei uma infecção urinária, lá estão as grávidas e o xixi.
O episódio que tive este fim de semana nas urgências de Santa Maria (onde fui lindamente bem atendida e tratada) também seria digno de uma mini-novela, além das minhas idas ao Centro de Saúde (também no Bairro Alto) em que as cenas e os diálogos são cada vez melhores.
É este agora o meu universo, senhores.
Isto e sujar-me a toda a hora.
Como a barriga está maior tenho a camisola permanentemente com nódoas.
O universo das mulheres gestantes é, sem dúvida, um mundo novo para mim!
 
 
 

2 comentários:

macaca grava-por-cima disse...

AHAHAHAHAHAHAH! revejo-me em muita coisa. Tb fiz as minhas análises trimestrais no posto de enfermagem lá do meu bairro (não o Alto) e é demais!!! Tb me revejo nas nódoas... Algumas do creme gordo Barral com que literalmente "forrava" a minha barriga ;-) Aquele líquido laranja é asqueroso. Bad news: vais ter que voltar a fazer o controlo no último trismestre. Aquilo nem gelado... é muito mau

Anónimo disse...

Tem que ser.Mas de certeza que comeste um ou mais bolos de arroz ao pequeno almoço.