19.1.12

Assou-linda





Já se sabe que se eu fosse rica comprava a Papelaria Fernandes e dedicava-me ao mundo das micas e dos clips, das canetas de tinta correctora e cartolinas.
Mas se eu fosse mesmo muuuuito rica, então era dona de uma Livraria Assouline, uma espécie de Cartier dos livros. Só o aspecto da Livraria dá logo vontade de perguntar se não vendem avenças de sofás ou secretárias. Quanto ao conduto, vendem edições de luxo, edições exclusivas e na sua maioria os chamados "livros de mesa". Tudo caro como tudo, mas uma verdadeira loucura.
Infelizmente ainda não estive em carne e osso dentro de uma destas, mas faremos disso uma perspectiva a considerar.

Sem comentários: